Austral Logística – Reforma do banco de capacitores

Austral Logística – Reforma do banco de capacitores

0 Flares LinkedIn 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

Reforma do banco de capacitores

Foi realizada a reforma do banco de capacitores com:

Troca da fiação dupla de 04 mm2 por cabo de 16 mm2 adequado para o banco
de capacitores;
Substituição dos 06 (seis) capacitores antigos por capacitores novos;
Descontaminação do painel do banco de capacitores;
Instalação de disjuntor e unidade capacitiva em subestação aérea;

 

Banco de Capacitores: 

Os bancos de capacitores são conjuntos de capacitores, que têm como objetivo realizar a compensação reativa das cargas, compensando o fator de potência, e melhorando alguns aspectos no sistema, como aumentar a tensão nos terminais da carga, reduzir as perdas nos condutores, entre outros.
Tal medida é tomada devido às cargas indutivas, constituídas principalmente por motores e transformadores (equipamentos com bobinas) produzirem potência reativa com a onda de corrente elétrica atrasada em relação à tensão, comprometendo o Sistema Elétrico de Potência. A carga capacitiva, tais como bancos de capacitores ou cabos, produzem potência reativa com corrente adiantada em relação à tensão, compensando a defasagem entre tensão e corrente.
Segundo a Legislação Brasileira o Fator de Potência mínimo permitido para as contas de energia é de 0,92. Abaixo deste valor, a concessionária deve cobrar multa na fatura de energia sobre o consumo de Potência Reativa. Um controlador instalado permite que esse índice possa operar em set point de até 0,98, aumentando em até 6% da capacidade do sistema e também da redução do consumo.
As principais cargas que causam baixo FP são lâmpadas fluorescentes, transformadores em vazio (sem carga) ou com baixa carga e motores de indução (motores mais usados na indústria), de baixo rendimento principalmente.
A forma de compensar o baixo Fator de Potência é a instalação de bancos de capacitores em paralelo na entrada de energia ou no próprio equipamento com carga indutiva. Esses bancos introduzem, na instalação, uma carga capacitiva, que tem o efeito contrário da carga indutiva. Isso compensa o baixo Fator de Potência e ajusta o valor para mais próximo da unidade, evitando as multas. Quanto mais à carga é compensada próximo ao consumo, melhor é para a capacidade de condução dos cabos de alimentação. Por isso é importante à compra de equipamentos e lâmpada com maior fator de potência possível e a avaliação quanto ás máquinas operatrizes já com o FP, corrigido, que só é acionado na operação evitando, picos de capacitivo ou reativo nos equipamentos.

 

A michelon energia, spda, laudos, eletricidade, michelon engenharia, michelon energia, manutenção de subestação, regina, regina michelon, engenharia

Consulte sempre uma empresa especializada!

Tel: 71 3199-5555 / 9 99555-7005

E-mail: regina@michelonenergia.com.br /  michelonenergia@gmail.com 

Seu sistema elétrico em boas mãos!

Michelon Energia sempre ao seu lado.

Conteúdos importantes de engenharia você encontra também em nosso:

Blog:  https://michelonenergiaoficial.blogspot.com/

Facebook: https://www.facebook.com/reginamicheloneireli/

Instagram: https://www.instagram.com/michelonenergiaoficial/

0 Flares LinkedIn 0 Facebook 0 Pin It Share 0 Filament.io 0 Flares ×

ver outras galerias


Localização:
Simões Filho/BA
[email protected] / [email protected]
Fones:
(71) 3199-2255
(71) 3199-5555
(71) 4117-0657
(71) 9 9955-7005
(71) 9 9175-1249